Mantendo a minha Paz e a minha Segurança!

Mantendo a minha Paz e a minha Segurança!


Olá pessoal! Tudo bem com vocês?
Sabe, não sou um humorista e tão pouco escritor, sou apenas um cara que gosta de escrever coisas que façam as pessoas rirem, na maioria das vezes fazendo piadas sobre a minha própria vida e com aquilo que me acontece no dia à dia, e em outras ocasiões apenas tento fazer um pouco de humor com situações corriqueiras com as quais qualquer pessoa pode passar, ainda assim muitas vezes as pessoas acham que por que criei uma piada num texto, significa que ela faz parte do que acredito ou da minha filosofia de vida. Imagino que esse deve ser um dos maiores preconceitos que os humoristas devem sofrer.
Será que aquele humorista que fez uma piada de humor negro realmente não se compadece da situação que ele satirizou?
Será que  aquele cara engraçado que contou piada sobre gays, ele é homofóbico?
Claro, humoristas profissionais ganham suas vidas fazendo piadas, então quem sou eu pra me basear nessas informações? Mas ainda assim, incomoda.
Seria mais ou menos a mesma coisa se eu, como publicitário, começasse a ser atacado pelas pessoas que compraram um produto no qual trabalhei a divulgação, mas que não era de tão boa qualidade quanto as propagandas diziam.
Eu já passei por algo parecido com uma piada minha, um pouco machista, encaixada em um texto, um texto que elogiava muito as mulheres e fazia várias piadas sobre ser homem, ainda assim, esqueceram do restante e só lembraram da piada e me taxaram de machista, por uma piada que nem tão ofensiva era.
Mas a verdade é que odeio machismo, e aproveito esse artigo pra contar algo que me aconteceu, e aproveitar para  defender essa afirmação.
Um tempo atrás (bastante tempo na verdade) comentei com um colega, sobre um conhecido meu que entrou em depressão, e para a minha surpresa recebi em troca um comentário completamente machista.
Esse meu colega disse que depressão é doença de mulher.
Pior foi quando pedi pra ele explicar essa afirmação.
Ele então distribuiu argumentos, comentários e piadinhas ainda mais machistas, que ele achava que justificava a sua afirmação. Coisas como "homem não engravida", "homem não menstrua", "homem não é o sexo frágil", entre outras coisas muito piores que, como homem, sinto vergonha de dizer.
Depois que ele falou tudo que tinha pra falar, então apenas olhei pra ele rindo. Afinal o tiro saiu pela culatra e o efeito que ele quis passar com suas piadas e argumentos machistas, foi justamente o contrário.
Muito sério eu olhei pra ele e disse:
"- Quer dizer que por termos mais facilidades e privilégios que uma mulher, isso significa que não temos depressão, e que essa é uma doença exclusivamente feminina? Então lamento em informar que nós homens sim, entramos em depressão, e que isso é mais normal do que você imagina, e que todos esses seus comentários machistas apenas provaram algo do qual já tomei consciência há um bom tempo, que as mulheres são muito mais fortes que nós homens, afinal, elas precisam de tantas coisas para entrarem em depressão, enquanto nós homens sofremos de depressão sem passar nem por metade do que elas passam, sem enfrentar nem metade do que elas enfrentam."
Esse meu colega, meio que achou estranha a minha manifestação defensiva, mas entendeu o recado e concordou com o que eu disse.
A verdade é que o mundo está cada vez mais dominado pelas mulheres, e eu trabalho num ambiente onde isso já é uma realidade, então pretendo manter a minha segurança, nada mais de fazer ou aceitar piadinhas machistas.
Afinal, sei por experiência própria, por fazer parte de uma família com uma média feminina muito acima da masculina, e por trabalhar num escritório onde sou o único homem, e mesmo sendo o dono da empresa tento não contrariar,  afinal, sei o quanto vocês podem ser perigosas, e eu quero viver um pouco mais.
Então dado o recado, podem me cobrar se eu acabar esquecendo e fazendo alguma piada em algum texto aqui que às desagradem. Claro que as piadas leves de sempre, continuarei fazendo, mas ainda assim pedindo clemencia logo em seguida, porque afinal, nunca se sabe.





Gill Nascimento





Logo logo teremos novidade aqui no Blog, e você que está lendo esse texto e acompanha esse Blog que na maioria das vezes não diz nada com nada, pode fazer parte, CLIQUE AQUI para saber mais!





2 comentários:

  1. Homem não é sexo frágil? Experimenta dizem para um cara que ele tem que fazer o exame do toque quando chegar nos 40! Depois você me conta a resposta do cara.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Engraçado você dizer isso, ontem a noite mesmo estava escrevendo e agendando uma crônica que brinca com esse assunto, ficou hilariante kkkkkkkkk

      Excluir

Deixe sua opinião sobre esse texto!

Casuísmo no Instagram