Últimas Notícias

O dia em que perdi três amizades, mas não perdi a piada!

O dia em que perdi três amizades, mas não perdi a piada!


Estava eu um dia desses num Clube do qual sou associado, no vestiário junto com mais uns cinco amigos após um jogo de tênis, esporte no qual sou péssimo, mas não desisto, quando um amigo meu entrou, após também ter jogado uma partida de tênis, aposto que mais bem sucedido do que eu com certeza, e como sempre resolvi fazer piadas sobre ele, mesmo ele nunca se incomodando, por ser umas das pessoas mais bem humoradas que conheço.
Tanto eu como vários outros amigos, pegamos muito no pé dele falando que ele é a versão humana do Bob Esponja, por ter a bunda quadrada, e nesse dia ele teve o azar de entrar no vestiário justamente quando um amigo se lamentava por ter completado quarenta anos dois dias antes e ter chegado na idade em que precisa fazer o tão temido exame de próstata, então na hora falei:
- Fico imaginando como foi para o urologista do Vânio quando ele foi fazer o exame, o médico deve ter olhado e pensado, “Nossa, com 20 anos de profissão, pela primeira vez vou examinar uma bunda quadrada, enfim um dia com um pouco de emoção!”.
Nisso todos no vestiário começaram a rir, inclusive ele mesmo, que muito bem humorado ainda completou a piada sobre ele mesmo:
- Rapaz, o maldito médico, após o término do exame, acho eu, ficou tão impressionado com minha bunda exótica, que pediu meu telefone.
Não deu outra, caímos todos na gargalhada, nisso o amigo com quem eu tinha jogado a partida de tênis entrou no vestiário e quis ficar por dentro do assunto para rir também, e é agora que essa história entra na parte em que eu perdi as três amizades. Depois que contei pra ele o motivo de nossas risadas, ao invés de rir ele meio que falou sério:
- Esse é um assunto sério, todos os dias quando tomo banho faço o autoexame em mim mesmo, porque a gente tem que cuidar da saúde, afinal nunca se sabe né?
Nessa hora o vestiário explodiu em gargalhadas, todo mundo fazendo piadas dele ao ponto de nem dar para compreender direito, e antes de pararmos de rir, outro amigo entrou e ele pra tentar se defender explicou o que estava acontecendo, e por incrível que pareça, esse último que entrou disse que também fazia o autoexame. Não deu outra, houve uma segunda explosão de risos e zueiras e eu já estava chorando de rir da galera toda fazendo piadas ao mesmo tempo.
Quando estávamos quase recuperados da crise de risos, entra um terceiro amigo nosso, o Antônio, e tentando falar sério explico a história para ele sem mencionar que todos nós estávamos fazendo piadas sobre o assunto, e pergunto se ele também se auto examinava, e pra nossa surpresa ele confirmou que fazia, e como o esperado caímos numa terceira onda de gargalhadas e lágrimas de risos. Quando eu já estava recuperado, falei:
- Caras, eu sou publicitário há anos, e já trabalhei em campanha publicitária para o Ministério da Saúde, como todo brasileiro sei que há o incentivo e até campanha com instruções para o autoexame de Câncer de Mama, que, inclusive, muitos homens desinformados não conhecem o fato de que o sexo masculino também pode ter essa doença, se vocês dissessem que estavam fazendo isso, beleza, mas em todos esses anos nunca ouvi falar do incentivo ao autoexame de próstata, nem mesmo no novembro azul eu ouvi algo ao menos parecido com algum médico mandando eu enfiar o dedo na minha própria bunda.
Houve mais uma sequência de piadas e gargalhadas após isso, e então entrou no vestiário o último e principal personagem dessa história, o nosso amigo e excelente jogador de tênis, o Doutor Aníbal, que hoje em dia é cardiologista, mas sua primeira especialização foi justamente a urologia, contei a história para ele que riu muito, muito mesmo e então completou:
- Isso é preconceito com a nossa profissão, vocês deveriam saber que somos acima de tudo profissionais, mas confesso que se eu exercesse ainda essa especialização, gostaria muito da ideia do autoexame, só pra me livrar dessa parte do trabalho, apesar que iria adorar poder contar para os meus netos que examinei uma bunda igual a do Bob Esponja, então o Vânio eu aceitaria numa boa.
Não deu outra, o jeito como ele falou foi muito engraçado, caímos na gargalhada imediatamente. Mas o problema veio depois disso, e foi o que fez os três auto examinadores ficarem bravos comigo, pois o Dr. Aníbal adorou a história e saiu espalhando para todos que viu pelo caminho, no outro dia o clube inteiro sabia da história, e os três ao invés de culparem o Doutor, culparam a mim por ter ficado prostrado no vestiário contando para todos que entravam, inclusive o nosso amigo médico.
Dois dias depois do ocorrido eu estava novamente no vestiário quando um deles entrou, e no mesmo instante três caras que estavam tomando banho e eu nem conhecia, falaram:
- Ei Marcelo, se for se auto examinar hoje, espera a gente terminar e sair, pode ser?







Gill Nascimento







Logo logo teremos novidade aqui no Blog, e você que está lendo esse texto e acompanha esse Blog que na maioria das vezes não diz nada com nada, pode fazer parte, CLIQUE AQUI para saber mais!








Talvez você se interesse por esses outros textos, fique à vontade e seja bem vindo!


 Paranoia  Desabafando com um amigo!  Sejamos Trouxas!

Um comentário:

  1. É isso então que acontece nos vestiários masculinos? hahahahahaha adorei

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião sobre esse texto!